Sensibilização para a Proteção Civil

 

[ Informações e Avisos ]

Aviso à População - Precipitação e Vento forte - 14 de outubro de 2014 (299 Kb)
Aviso à População: precipitação, vento e agitação marítima - 15 de novembro de 2012 (284 Kb)
Aviso à População: precipitação e vento - 23 de outubro de 2012 (111 Kb)
Aviso à População: tempo quente e seco - 30 de agosto de 2012 (94 Kb)
Aviso à População: tempo quente e seco - 8 de agosto de 2012 (93 Kb)

[ Tornado 07/12/2010 ]

A 7 de Dezembro de 2010, pelas 14H50M, o Concelho da Sertã sofreu danos materiais em consequência da passagem de um Tornado. O ponto de entrada no Concelho foi a localidade de Trízio, Freguesia de Palhais, com uma intensidade aproximada de 193Km/hr – Escala 2 de EF (1).

Com a aproximação à Vila da Sertã, a sua intensidade aumentou passando a ser classificado com EF 3 (249Km/hr), de acordo com os dados disponibilizados pelo Instituto de Meteorologia.

O ‘corredor’ do Tornado no Concelho da Sertã percorreu uma área equivalente a 445,46 hectares. Através do registo das evidências observáveis, nos extremos de algumas localidades, a média da largura do Tornado foi de 200 a 250m.

 

PERCURSO DO TORNADO

ÁREA (HECTARES)

Com evidências – edificado e ocupação do solo

152,85

Presumível

292,61

   

TOTAL

445,46

 

O evento meteorológico foi declarado como situação de Calamidade, através da Resolução de Conselho de Ministros nº99/2010, de 16 de Dezembro, pelo que no âmbito do Fundo de Emergência Municipal foi celebrado contrato-programa com o Município da Sertã (Despacho nº2608-A/2011), cujo auxílio financeiro visou a recuperação de equipamentos públicos num investimento total de 895 485,04€.

(1) Escala EF, corresponde à Enhanced Fujita, 2004, isto é, Escala de Fujita Melhorada, a qual tem vindo a ser aplicada nos EUA desde Fevereiro de 2007 e também já utilizada pelo Instituto de Meteorologia em eventos meteorológicos semelhantes ocorridos em território nacional (para mais dados consultar: www.meteo.pt)

 CorredorTornado

Mapa do "Corredor" do Tornado (clique na imagem para maximizar)

 PC104453  PC104479  PC134502

Danos provocados pelo Tornado

[ Medidas de Autoproteção ]

Um dos principais aspectos da protecção civil é a protecção e salvaguarda de vidas humanas, assim é de elevada importância o que cada um de nós pode contribuir para minimizar os impactos negativos de uma ocorrência.

Esta contribuição poderá ser tão simplesmente a sua própria protecção, ou seja, estabelecer procedimentos que tenham como finalidade a prevenção de riscos e que medidas adoptar em caso de ocorrência de uma emergência, seja, incêndio em casa, sismo, cheia ou inundação ou até mesmo durante uma estadia num alojamento durante as suas férias.

Aqui ficam algumas das medidas de autoprotecção que poderá adoptar para si e para a sua família:

A Protecção Civil em casa (3356Kb)
Acidentes no Transporte de Mercadorias Perigosas (457Kb)
Segurança no local de trabalho (383Kb)
Ondas de Calor – autoprotecção (500Kb)
Inundações – autoprotecção (629Kb)
Incêndios no Hotel: autoprotecção (553Kb)
Incêndios em casa (463Kb)
Gás - Evite acidentes em casa (526Kb)
Frio intenso – autoprotecção (665Kb)
Incêndios Florestais: autoproteccão (449Kb)
Incêndios Florestais – Prevenção (541Kb)
Espaços Públicos - Regras de Segurança (523Kb)
Acidentes Rodoviários: Gestos que salvam (409Kb)
Seca: vamos poupar água? (606Kb)


[ Autoproteção para os mais novos ]

Clube de Protecção Civil (468Kb)
Incêndios em casa: o que fazer? (670Kb)
Incêndios na Escola: o que fazer? (657Kb)
Incêndios na Floresta: como os evitar? (638Kb)
Seca: vamos poupar água? (561Kb)
Campo ou Montanha - Passear em Segurança (548Kb)
Sismos: estás preparado? (671Kb)
Inundações: o que fazer? (579Kb)

Ao navegar no nosso website, concorda automaticamente com a utilização de cookies. Para saber mais, consulte a nossa Politica de privacidade .

Politica de cookies