Do Tear ao Lar: colchas artesanais de linho

Exposição
Do Tear ao Lar: colchas artesanais de linho
Hoje: domingo, 21 de julho de 2024
Local: Casa da Cultura da Sertã
Todas as datas
  • De quarta, 10 de julho de 2024 a segunda, 30 de setembro de 2024

Até 30 de setembro está patente na Casa da Cultura da Sertã, a exposição "Do Tear ao Lar: Colchas Artesanais de Linho", da autoria de Maria Carmina Afonso. A artesã expõe neste espaço diversas peças de linho caseiro e industrial, onde é possível apreciar (e adquirir) colchas, toalhas, centros de mesa, panos, almofadas, tapetes, vestuário diverso, malas, entre outras. Neste mesmo espaço, será também possível ver esta arte ao vivo, no fim-de-semana do Festival de Gastronomia do Maranho, nos dias 20 e 21 de julho, das 14 às 19 horas, com a presença da artesã.

 

Maria Carmina Afonso é natural de Sardeiras de Baixo (concelho de Oleiros) e reside em Vale de Souto onde, há mais de cinco décadas, tem também o seu atelier de tecelagem. Iniciou a arte do tear aos 17 anos, que a tem acompanhado desde então, contando no seu espólio uma panóplia diversificada e personalizada de trabalhos, desde fatos para noivas e madrinhas de casamento, colchas, bolsas, malas, naperons, tapetes, almofadas, gravatas, laços e toalhas, reconhecida tanto a nível nacional como internacional.

 

Em 2016 registou-se como artesã no CEARTE (Centro de Formação Profissional para o Artesanato e Património), e nesse mesmo ano registou a sua marca "Tear da Terra". O trabalho de Maria Carmina Afonso utiliza técnicas, ferramentas e materiais tradicionais ou modernos, com uma visão fresca e atual. É uma pessoa que expressa o momento presente no mundo, honrando a sua história. Não há como identificá-la em apenas um grupo social, faixa etária ou região, os saberes artesanais são diversificados e caminha numa ampla gama de peças que estão também em constante (re)construção, neste caso das suas magníficas colchas e mantas feitas no tear artesanal.

 

A exposição "Do Tear ao Lar: Colchas Artesanais de Linho", pode ser visitada de segunda a sexta-feira, das 9 às 17 horas, e aos fins-de-semana sempre que decorram eventos naquele espaço.

 

 

Ao navegar no nosso website, concorda automaticamente com a utilização de cookies. Para saber mais, consulte a nossa Politica de privacidade .

Politica de cookies