Do Tacho para a Sertã - educadores, professores, bibliotecários e pais

Oficina
Do Tacho para a Sertã - educadores, professores, bibliotecários e pais
Próxima data: quarta, 19 de janeiro de 2022 14:30
Local: Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes
Todas as datas
  • quarta, 19 de janeiro de 2022 14:30
  • quinta, 20 de janeiro de 2022 14:30

A Biblioteca Municipal Padre Manuel Antunes, na Sertã, vai receber duas oficinas intituladas "Diz o Tacho para a Sertã" nos dias 19 e 20 de janeiro, das 14h30m às 16h30m. Dinamizadas por Bru Junça e Patrícia Godinho, as oficinas dirigem-se a públicos distintos: a primeira oficina dirige-se a educadores, professores, bibliotecários e pais. A segunda oficina é direccionada a utentes de centros de dia, academias seniores e grupos de leitores seniores.

Promovidas pelo Município da Sertã, as oficinas consistem numa viagem pelas memórias ligadas à cozinha e, a partir de objectos do quotidiano, permitirão despertar os sentidos, descobrir leituras, construir pontes entre os patrimónios íntimos e os colectivos, entre o objecto e a memória. O Maranho é um prato de referência na gastronomia sertaginense e muitos dos utensílios usados na sua confecção transportam para uma dimensão que une cheiros, sabores, gestos, tradições e pessoas, que integram o riquíssimo património da cultura popular, material e imaterial. A iniciativa pretende recuperar as memórias que constituem verdadeiros documentos vivos, decifrando como os ciclos da terra se interligavam com a vida doméstica e de que forma os ofícios e saberes se transmitiam de geração em geração, perpetuando tradições e costumes.

As inscrições em ambas as oficinas são gratuitas e deverão ser feitas até 14 de janeiro, através do telefone 274604227. Os professores que pretendam ter acesso a créditos de formação (ação de curta duração certificada) deverão inscrever-se através do formulário: https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSfqRWkpMCby52nqN7B1GjRA_dNK8VKJcAIDKCPjKNe1j4VkUw/viewform 

Bru Junça é mediadora de leitura e contadora de histórias, tendo já participado em diversos encontros nacionais e internacionais com projectos de promoção e mediação de leitura. É autora da marca Conto por Ponto, que cria livros de pano artesanais a partir do património da tradição oral.

Patrícia Godinho é mediadora cultural em diversas entidades culturais, públicas e privadas, criando ações de educação a partir do património. É autora do projecto Entre Memórias – Educação Patrimonial Itinerante.

As oficinas "Diz o Tacho para a Sertã" decorrerão ao abrigo das recomendações da Direção Geral de Saúde.

 

 

Mapa


 

Ao navegar no nosso website, concorda automaticamente com a utilização de cookies. Para saber mais, consulte a nossa Politica de privacidade .

Politica de cookies